Highslide for Wordpress Plugin
Padroeiro

frei-1Foi com a presença de Frei Anastácio missionário e divulgador da Sagrada Face, que motivou a comunidade realizando a troca do patrono

Biografia de Frei Anastácio

De idade, sendo 57 de vida religiosa franciscana e 51 de sacerdócio. Frei Anastácio descansou Frei Anastácio Hachmann, O.F.M.
*Delbrueck, Al. 04.04.1905
São Paulo , SP 11.05.1989

Aos 84 anos de seu trabalho na seara do Senhor e apresentou-se ao Senhor da Vida na Pátria celeste; “Senhor, fiz de vossos preceitos o meu cântico e vossa promessa me fez viver”.

Terra Natal

Stephan Haschmann, depois Frei Anastácio, Nasceu em Delbrueck, Westfália, Alemanha, aos 4 de abril de de 1905 , na fazenda Richterhof, filho de Henrique Hachmann e Anna Richter. Estudou na terra natal os oito anos primários e ainda cursou dois anos de escola profissional como agricultor.

Exerceu o trabalho na lavoura e na olaria por quatro anos. Tinha também conhecimentos práticos de enfermagem.

Chegada no Brasil

Em 25 de Abril de 1927 foi aceito no Colégio do Garrnstock, permanecendo lá até 1929. Em 28 de abril daquele ano veio para o Brasil, continuando os estudos no Rio Negro, até dezembro de 1931.

No dia 19 de dezembro de 1931 começou o Noviciado, que concluiu com a Profissão simples no dia 20 de dezembro de 1932. Emitiu os votos solenes no dia 20 de dezembro de 1935. Cursou a filosofia em Rodeio e em Curitiba. A teologia a fez em Petrópolis, onde se ordenou no dia 28 de novembro de 1937. Eram 25 os ordenandos. são de sua turma Frei Reinaldo Mueller, Frei Jorge Kneipp, Frei Maximiliano Kufhold, Frei Lauro Osttermann, Frei Fidêncio Feldmann , Frei Narciso Pollmeier e os últimos dois sobreviventes: Frei Onésimo Dreyer e Frei Olivério Baxmann.

Atividades Pastorais

Frei Anastácio iniciou seu apostolado em Campos do Jordão, já como vigário tendo como coadjutor seu colega de turma Frei Max.

Ainda não estava construída a Igreja de Santa Teresinha, a sede da paróquia. Os frades ainda pertenciam todos ao “Conventinho”. Campos do Jordão que não chegava a cinco mil habitantes, era região procurada pelos doentes de tuberculose. Grande parte do trabalho do padre era atender hospitais e visitar doentes em casa. Hoje, Campos do Jordão é uma cidade turística, com hotéis sofisticados. .

Nos tempos de Frei Anastácio, além da sede, os padres cuidavam ainda de 10 capelas rurais, 10 grandes sanatórios , mais de 20 pensões de doentes de todas as classes sociais, de uma dezena de comunidades religiosas femininas, com as três localidades de Abernéssia , Jaguaribe e Capivari.

A matriz de Santa Teresinha, a casa paroquial , a igreja de Nossa Senhora da Saúde, em Jaguaribe, são obras dos frades. Que hoje continuam em Campos do Jordão no espírito e na obra que deixou Frei Orestes: as Irmãs Franciscanas de Nossa Senhora de Fátima, com as creches, escolas e artesanatos. Passam de 800 as crianças carentes que recebem assistências delas em Campos de Jordão. Uma das principais ruas da cidade se chama Avenida Frei Orestes Girardi.

frei2As Estações da Vida

O itinerário das transferências se reduziu ao Norte da Província. Campos de João, Duque de Caxias, Bonsucesso , Rio de Janeiro, Niterói, Jaraguá, São Paulo (Pari e São Francisco). Em Duque de Caxias ficou uma ano só, mas ficou na história. Assumiu a direção do colégio Santo Antonio da
paróquia, com mais de 200 crianças. Mas naquele mesmo ano, 1941, conseguiu religiosas.

Comprado terreno, em poucos meses se levantou o novo colégio, agora como propriedade das irmãs. Passaram de 300 as primeiras matriculas. Hoje o colégio é dos maiores da Baixada.

Seu Perfil

É feliz a recordação de uma jornada, quando nela se reflete a vivencia de tantos anos de paciência, tenacidade e serenidade.

Frei Anastácio sempre se esmerou no estudo. Não só no tempo de formação colegial, filosófica e teológica, mas a vida toda. Lia muito.

Foi um ,missionário intrépido , infatigável. Sabia despertar o sentido de Deus e a consciência moral. Fazia vibrar a alma, sem estardalhaço. Sempre se achava com renovado ardor missionário, a serviço da esperança, como se estivesse pregando a primeira missão.

Era um homem cheio de fé. Vibrava em zelo. Amava a Deus com ardor. Amava as almas por causa do Sangue de Cristo que as redimira. Estudava a Bíblia e sabia escolher entre os autores os grandes luminares. Soube ser “o sal da terra e a luz do mundo “. Soube ser um alter Chirstus.
Foi um sacerdote de faiscantes méritos. Sem duvida, uma chama luminosa que iluminou as trevas de muitos.

A Palavra é uma das maiores maravilhas, porque ensina, conforta , consola, abençoa e perdoa. É a flor e fruto da razão que enaltece o pensamento do homem, criado a imagem e semelhança de Deus. Frei Anastácio sempre foi um apaixonado da Palavra.

Sem-Título-3A Face de Deus

Viveu 84 anos . Sofreu e suportou achaques e mágoas. A busca da Face de Deus era a meta suprema de sua vida. Frei Anastácio era um apaixonado da Face de Cristo. Amava esta face e queria que todos amassem com ele. Diz a Bíblia: ”mostra-me a tua face para que te conheça e ache diante de teus olhos a graça perfeita, que desejo”(Ex 33,13).O Senhor, porém , respondeu:”Não poderás ver a minha Face, porque não me pode ver o homem e permanecer vivo”.

Descansa em paz e pede a Deus o triunfo da Igreja, a salvação das almas e o esplendor faiscante da Face do Senhor!

Frei Deodoro Kaufhold, O.F.M.

Frei Anastácio, Nosso Confrade

Frei Anastácio Hachmann foi nosso companheiro na Fraternidade de Santo Antonio do Pari. Ali admiramos muito este Confrade: seu ardor missionário, seu zelo para glória de Deus, seu amor acendrado á pessoa de Cristo. Além disso, era um autêntico frade, um ótimo companheiro, com elevado espírito de animação. Era animado e grande animador dos outros. Sábia exercer o apostolado da animação, virtude tão importante e até decisiva, dentro de qualquer fraternidade.

Era místico. Parecia mergulhado na divindade. Quando falava das coisas etéreas , de assuntos teológicos e mesmo filosóficos, inflamava-se. Amava a Bíblia, A Revelação de Deus. Lia habitualmente o Livro Sagrado e citava muitas vezes de cor as passagens da Escritura. Certos trechos gostava de repetir, como : Secundum mensuram donationis Christi (Ef 4,7).

Conhecia teólogos e citava-lhes as obras. Vivia mergulhado em livros e persistia no que hoje se chama de Formação Continuada.

O ardor missionário por Cristo era tal que as vezes ficava vermelho. E no entusiasmo, as veias do pescoço se tornavam salientes. Gostava de fazer pregações missionárias e atrair o povo para a pessoa de Cristo.

O Apostolado da Sagrada Face

Uma das características de Frei Anastácio foi seu entusiasmo para a Face de Cristo.
Frei Anastácio achava que seria de grande vantagem chamar a atenção do povo para a pessoa de Cristo, para aquele ser humano que nasceu em Belém, viveu em Nazaré, palmilhou pelas estradas ensolaradas da Palestina, de aldeia em aldeia, de cidade em cidade, apregoando , curando, revelando amizade, externando simpatia, atraindo multidões para o novo Reino.
Aquela Face que falava, irradiava simpatia, que ensinava as doutrinas do alto…merecia ser considerada, rememorada, contemplada.

unnamedO Sudário

Para expressar essa humanidade de Jesus, a figura do ser humano que Cristo também era, Frei Anastácio achou que o Sudário, que estampava a Face de Jesus, Era um instrumento visual bem indicado. O Sudário não era propriamente a finalidade de seu apostolado, mas um veículo para conduzir o povo para Pessoa de Jesus. Assim como um taxi conduz um passageiro, e o passageiro é o que mais importa, assim aquele pano de Turim, o Santo Sudário era apenas um veículo, uma atração, que Frei Anastácio usava, para convocar o povo e lhe transmitir as mensagens sobre a Pessoa de Cristo.

Uma vez, Frei Anastácio durante uma semana realizou pregações missionária na Igreja de São Francisco, no Largo de São Francisco, em São Paulo. O então Provincial Frei Valter Kempf, vendo aquelas multidões que afluíam á Igreja, para ouvir as pregações de Frei Anastácio, sobre Jesus, com tanta seriedade, emoção e convicção, disse para Frei Anastácio: Já , Ánas, Du hast mich bekehrt: É, Ánas, Você me converteu !

É que o Provincial percebeu a seriedade cristológica de Frei Anastácio nas suas pregações. O Sudário era apenas chamariz, uma atração, como tantos oradores fazem, quando mostram quadros ou slides.

A Face e sua Importãncia

Grande importância dá a Psicologia para a face de alguém. Não é a face a expressão da personalidade? A face é o alguém. Tanto assim que os desafetos, ao exprimirem o ódio contra alguém, expressam-se contra face do odiado. Costumam dizer: “Não quero saber daquele sujeito. Não quero nem ver a cara dele!”

Em todo o movimento sobre o Santo Sudário, Frei Anastácio queria chamar a atenção do público para Jesus Cristo. Jesus era o objeto, a mira, na qual concentrava ele toda a sua atenção.

Havia também outra estampa de Jesus, feita por um pintor, que Frei Anastácio divulgava em grande profusão.

A Figura de Cristo, Um Metodo Pastoral

Uma lição missionária Frei Anastácio deixou aqui no mundo: A figura de Cristo é um lembrete de Cristo. O que vemos nos faz lembrar. Vendo uma imagem de Cristo o povo se recorda mais vezes de Cristo.

Houve um tempo em que muitas casas tinham a figura de Cristo. Ao entrar em casa, as pessoas se lembravam de Cristo, ao contemplarem sua figura ali na parede. Ao saírem de casa para o trabalho, olhavam para a figura de Cristo, rezavam uma pequena oração e saiam para as ruas , pensando em Cristo.

Tudo isso foi abra de missionários, padres zelosos, que hoje estão na eternidade , contemplando com alegria a Face de Cristo. Entre esses missionários, propagadores da figura de Cristo, esta também Frei Anastácio.

Holy Face in church of Fr HorganA Renovação do Apostolado

Hoje, em muitas casas, não se vê mais a figura de Cristo. Estão ali nas paredes as estampas mais variadas. A figura de Cristo esta sendo marginalizada.

E há os que se questionam: Porque as igrejas estão ficando cada vez mais vazias? Varias causas. Não seria também a ausência de Cristo nos lares?

A Psicologia confirma: O que é visto muitas vezes, muitas vezes é lembrado. O que é muitas vezes lembrado é muito mais amado.

Por que não fazer hoje intenso movimento em favor da implantação da Figura de Cristo em todos os lares de nossas paróquias? Movimento consciente, argumentado, convicto, psicológico.

Bênçãos para a Província

Padres novos se empenhando profundamente e largamente na difusão de Cristo nos lares, em todas as famílias, clubes, escolas, a começar por figuras de Cristo, fariam um movimento renovador de Cristo nunca visto.

E quantas vocações surgiriam depois? E quantas bênçãos para toda Província?

O Apostolado da Sagrada Face, que Frei Anastácio iniciou e Frei Ernesto Kaufhold continuou, merecia ser continuado. Não importa que seja o Sudário ou outra estampa de Cristo. Mas que a Figura de Cristo seja amplamente difundida! “Todo aquele que me proclamar diante dos homens, também eu o proclamarei diante de meu Pai “(Mt 10,32)

Você Frei Anastácio que tanto proclamou Cristo, agora esteja com ele, contemplando sem cessar a Sagrada Face. E reze por todos nós!

Frei Paulo Avelino de Assis. O.F.M

Imprimir