O que é a Pastoral da Esperança PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrator   
Qui, 25 de Junho de 2009 11:22

Pastoral da Esperança  


A Pastoral da Esperança tem como missão projetar a luz do Evangelho sobre os problemas humanos. Realizando um trabalho nos velórios, cemitérios e junto às famílias enlutadas, a Pastoral e seus agentes, entre outras atividades, confortam as pessoas nos momentos mais difíceis de suas vidas, quando da perda de um ente querido.

A idéia de criar um trabalho voltado para o conforto espiritual daqueles que passam por uma perda confirma a missão da Igreja que é estar ao lado dos que sofrem, não apenas rezando pelos mortos, mas sim pela ressurreição, pela vida eterna e pela vida daqueles que aqui continuam sua missão.

Independentemente do serviço nos cemitérios, celebrando o Rito das Exéquias (Encomendações), a Pastoral da Esperança têm também outras atividades, como acompanhamento das famílias enlutadas, reuniões paroquiais e diocesanas, cursos anuais para novos agentes, retiro espiritual, reuniões de estudos, reuniões para organização, planejamento e avaliação, etc. Deve auxiliar nas celebrações de missas nos cemitérios, como por exemplo, no dia de finados, dia das Mães e dos Pais e em outras ocasiões oportunas da vida da paróquia.

A liturgia preparada pela Pastoral da Esperança deve privilegiar o anúncio da boa nova da Vida Eterna assegurada na ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo Por isso, é muito importante a acolhida e uma palavra de consolo pois no momento especial da morte, essa pastoral ,através do Evangelho, tem a missão de levar uma mensagem de fé e esperança a todos aqueles que ofrem a perda do ente querido, seja ou não católico.

O trabalho desse Ministério pode ser realizado por homens ou mulheres que se doam e doam o seu tempo e trabalho, para levar a esperança de que aquilo que estamos vivendo agora (a morte), não é a última palavra, de que a morte não é o fim de tudo, e que o seu lado triste e sombrio, iluminado pela fé traz a certeza de que o Senhor Ressuscitado “enxugará toda lágrima dos nossos olhos, pois, nunca mais haverá morte, nem luto, nem clamor, e nem dor haverá mais, pois, coisas antigas se foram” (cf Ap 21,4).

Resumindo, a Pastoral da Esperança é uma atividade organizada e sistemática de integração comunitária, de celebração da vida que, em consonância com a Igreja, anuncia o amor do Pai, reza pelos falecidos, dá assistência espiritual e humanitária aos parentes enlutados, que precisam continuar a vida, certos de que a graça de Cristo os fortalecerá na caminhada. O agente da Pastoral da Esperança é mensageiro de Fé, Paz e Esperança. Jesus disse: "Eu estarei convosco todos os dias". "Eu vim para que todos tenham vida, e a tenham em abundância." (Jo 10,10). Portanto, o agente da Pastoral da Esperança deve demonstrar isso através de sua maneira de agir, de falar, de e se portar diante dos demais, enfim, através do seu testemunho verdadeiro. Tudo isso porque ele é um ministro de Deus e deve honrar a missão a ele confiada.

Por que tem sentido uma Pastoral da Esperança?

- É por causa da fé na ressurreição que nossas preces pelos falecidos têm sentido.

- É pela fé na ressurreição que a Pastoral faz “encomendação do corpo” colocando a pessoa falecida sobre a proteção de Deus.

- É por isso que, onde e quando for possível, a Pastoral celebra a “missa de sétimo dia” junto com a família, oferecendo ao Pai a esperança na ressurreição, em favor da alma do nosso irmão falecido.

- A Pastoral da Esperança também reza pelos que ficam ajudando-os a superar a dor da perda.

Enfim, a Pastoral da Esperança que já é uma realidade em nossa Paróquia, necessita ser aperfeiçoada ainda mais! Portanto, é preciso que mais voluntários abracem essa Pastoral. É necessário fortificá-la! Se você não pertence ainda a algum movimento, pastoral ou grupo paroquial e deseja ser instrumento de paz e de consolo, procure a Secretaria da Paróquia ou a coordenação desta Pastoral para fazer parte desta Missão. Os preferidos de Deus agradecem!